12/07/14

Paris Haute Couture no Instagram

E ai galera? É uma indecisão se continuo ou não com o blog. Quero muito, tenho desejo, mas cadê a força de vontade todos os dias? Entediante!

Mas hoje me deu uma vontade extrema de pegar meu notebook e começar a escrever. Voilá

Acho que você deve saber que está rolando a Paris Haute Couture. Eu adoro demais acompanhar tudo o que rola dentro e fora das passarelas nestas temporadas, e para isto gosto de seguir algumas pessoas chaves na internet para poder ter atualizações legais.

Anna Dello Russo
@anna_dello_russo




Editora na Vogue Japão e uma verdadeira amante da moda. Anna está em todas as temporadas e eventos importantes no mundo a fora. Segui o perfil dela a pouco tempo no Instagram, mas é um follow forever!

Betty Autier 
@leblogdebetty

Nesta temporada Betty está meio que por fora das filas "A", mas quando ela comparece sempre tem fotinhos e em primeira mão. Gosto muito da ideia de estar no fashion show e compartilhar um vídeo da finalização. Porque sempre demora para sair o vídeo do desfile em si.

Chiara Ferragni
@chiaraferragni

Entre uma viagem e outra de Chiara são milhares de fotos determinados momentos no Insta, e quando espero que não, já é hora de Milan Fashion Week e por ai vai. Sempre me situo do que está rolando na gringa com a Chiara, ela é ótima!

Time de revistas de moda
@danielafalcao1/@diadebeaute

Sigo algumas pessoas relacionadas a algumas revistas no Instagram, sempre que começar as semanas de moda lá estarão. Então sempre rendem bons detalhes. 

Modelos
@lindseywixson/@caradelevigne

Sigo muitos modelos no Insta, eles fazem parte de tudo isto, então é bom ver as semanas de moda de ângulos diferentes.


Miroslava Duma
@miroduma


Todos querem Miro na fila A, mas ela quer é o passe do backstage junto. Empresária de moda e uma pessoa que sabe trabalhar muito bem. "Se eu cheguei onde estou, usando Chanel no dia-a-dia, é porque trabalhei duro".

Aimee Song
@songofstyle

É uma brilhante blogueira de descendência asiática que sabe se vestir muito bem. Ela de vez em quando esta enturmada com a galera das semanas de moda. Enquanto não tem eventos de moda, a inspiração com seus looks e as fotos de viagens são bastante interessantes.

Grifes
Sigo muitos perfis de grifes que desfilam nas semana de moda. Também é outra forma de enxergar as fashion weeks.

Revistas 
Mesmo processo com os perfis das revistas de moda, sigo vários e isto ajuda muito.

É desta forma que sempre busco informações do que está rolando lá fora. Adoro acompanhar tudo com a opção de olhar por vários ângulos, talvez para entender melhor, e com estas determinadas pessoas, fica fácil.

Eu falando de semanas de moda, um dos meus amores, quero muito ir em alguma em qualquer dia. Que sonhos se realizem!
Beijos Lu.

31/05/14

Meus sons do momento

Para eu não tem como levar o dia sem música, por isto gosto de estar sempre por perto das novidades e também daquelas que tanto gostamos, não importa o qual velhas estejam. Trouxe algumas coisinhas que estou ouvindo atualmente:

Sorry I’m Late é mais um pouco do que a voz da Cher Lloyd é capaz. O primeiro álbum, Sticks + Stones, é demais! Gostei muito e o ouvi várias vezes. Mas o segundo está bem mais maduro, a Blind Your Love é uma prova disto.
Minhas preferidas do álbum são: Blind Your Love (claro!), M.F.P.O.T.Y., Killing It, Human e Sirens.



O Britney Jean não poderia ficar fora desta lista, já que o ouvi por várias e várias semanas, ou ainda estou ouvindo.
Gosto muito desta fase da Britney: mais madura e com o “auto-tune” horas mais desligado, como em Perfume. Daria tudo para ver o show dela em Las Vegas <3.
Desculpa, mas quando se fala da eternal princesa do pop, não existem preferidas.

Finalmente Kylie Minogue lançou o tão esperado Kiss Me Once. Confesso que nunca fui um super fã da cantora, mas assim que começou a vazar as produções do novo álbum, fui ouvindo e me apaixonando. Mas já a ouvia desde All The Lovers, só que não era desses que baixa o álbum completo e tal. Totalmente pop e sedutor, o álbum é repleto de músicas que dá para montar aquela coreografia (sou desses hahahaha).
Gosto de todas do álbum, mas tenho um carinho especial pela I Was Gonna Cancel.

Faz um tempinho que escuto Sky Ferreira, e até confesso que foi muito depois do lançamento de Night Time, My Time que eu ouvi ele completo, na verdade, depois que ela começou a andar mais com a Miley hehehe. Gosto muito das letras da cantora, combinam muito comigo, e o clipe de I Blame Myself é único!
As minhas preferidas do álbum são: Nobody Asked Me (If I Was Okay), I Blame Myself, Boys e Night Time, My Time.

Por favor, me digam por que eu não consigo parar de ouvir Problem?? Eu fiquei muito satisfeito com a volta de Ariana Grande aos estúdios, não dava para não gostar com a participação da rapper Iggy Azalea.
Sobre o lançamento de Problem ao vivo na premiação da Radio Disney dos Estados Unidos, eu simplesmente amei! Teve até coreografia!! O que eu achei sensacional. Adorei demais ver Ariana timidamente sexy jogando o cabelo e dançando, já que muitas pessoas reclamavam que ela não fazia nada no palco. Mas para eu, com esta voz não precisa de mais nada, só Ariana e o microfone.


E falando de Iggy Azalea, acho que não é novidade que a rapper conseguiu chegar onde nenhuma outra rapper branca conseguiu. Esta semana ela chegou ao topo do Hot 100 da Billboard, e como se não bastasse, lá vem Problem, a super parceria com a Ariana, em segundo lugar. Diva duas vezes!
O The New Classic é a prova do que Iggy é capaz. Fancy, com a minha linda Charli XCX, já teve várias performances, uma delas me chamou muito atenção, que foi a do Billboard Music Awards, que teve a continuação com Problem. Ariana saindo de dentro da gaiola e desfilando é selador.



Desde que ouvi Bad Girls da M.I.A., não consegui me desprender mais da rapper. Adoro o jeito que ela se veste, canta e compõe. Foi por culpa dela que o desejo de conhecer a Índia e o Sri Lanka se tornaram mais forte, adoro a cultura deles.
Em Matangi, que foi lançado no ano passado, M.I.A. mostra um pouco mais da cultura do Sri Lanka e o quanto as músicas dela não te deixam parado. E antes de finalizar o assunto M.I.A., preciso declarar meu amor por Double Bubble Trouble e Come Walk With Me.


Digamos que eu tenha deixado o melhor para o final: Pure Heroine tem sido o álbum de todos os dias há um tempão! Não consigo não gostar de Lorde gente, ela é maravilhosa. Fico de queixo caído quando me lembro que essa beldade tem 17 anos, porque ela é muito madura. Dá para se perceber isto pelo estilo de letras e também de músicas. Desde que vi Royals pela primeira vez na TV, me interessei. Fui atrás do álbum e me deparo com o meu futuro. Team, Ribs, Tennis Court, Glory and Gore entre outras, me traduzem demais. Simplesmente amo o álbum e é isto.

24/05/14

Moda não é consumismo!


Na sociedade em que vivemos hoje é difícil ter uma definição de moda na boca do povo que esta nas ruas. Muitas pessoas ligam apenas a consumismo e roupas. O que só me faz pensar no quanto elas estão erradas. Eu sei que moda tem uma grande ligação ao consumismo, e é isto que tem a estragado tanto.
Em umas das poucas vezes que estava assistindo televisão, não faz muito tempo na casa de uma amiga, me deparei com o depoimento de alguém importante falando que as revistas de moda viraram catálogos de roupas. Tristemente me fez pensar e ter que concordar, já que uma Vogue americana tem mais páginas de anunciantes do que conteúdo. Não é querendo "puxar saco", mas comparando com uma Elle brasileira, a Elle vale muito mais a pena.
Queria que o mundo da moda permanecesse sempre em estado de Fashion Week, assim as tendências, as inspirações, as cores e as medidas seriam sempre lembradas. Diferentemente do que acontece fora das passarelas: preocupação com a grife que esta vestindo, look do dia, anunciantes e jabás. Me desculpem blogueiros e blogueiras, mas foi-se o tempo em que o blog era para quem realmente gostava, muita gente está aqui apenas pelo dinheiro. Triste, já que comentar um desfile da Chanel é um dos meus maiores prazeres, o que muitos blogueiros não fazem quando tem  oportunidade, preferem dizer o quanto a maison é chic e blá blá blá.
Maisons, grifes e marcas erram muitas vezes nas apostas do que se vai usar e vestir na próxima temporada. Mas as pessoas que muitas vezes são consideradas expert no ramo da moda, preferem comentar que eles não comprariam aquilo.
Isto é um desabafo e também um apelo para que o consumismo pare de aumentar cada dia mais. Use e abuse do brechó, tenho certeza que o meio ambiente vai agradecer, já que assim que uma peça de roupa nasce, uma vai para o lixo.
Agora gostaria de dar minha definição a moda: é o ato de poder mostrar como está se sentindo, como se importa com você mesmo, e acima de tudo, é arte! Isto é importante, veja moda sempre como arte. Cada um que mudar a sua opinião sobre o assunto, e não o ligando apenas a roupas, irá fazer o mundo da moda crescer cada vez mais em nosso país.

Bom, este foi o meu retorno ao le Lu Santos. De uma forma toda especial e de cara nova, o blog veio a tona em uma fase difícil da minha vida. São muitos problemas, e eu estava precisando do meu espaço novamente. Graças a Julia Matos* tudo esta certo agora. Obrigado por ler este post e estou te esperando aqui da próxima vez que acessar a internet hein!

*Juuu, muito obrigado por tudo minha querida. Você não sabe o quanto alegrou o meu ano!

Beijos, Lu.